Arquivo da categoria: Resenhas de Livros

MUDEI

Por alguns problemas de adaptação com o layout, resolvi mudar para http://isabelabelli.blogspot.com.br/

Anúncios

5.097 páginas

Como sempre, no início do ano gosto de fazer uma lista dos livros que li no ano anterior…
Devido ao TCC da faculdade no primeiro semestre de 2013, me dedicar ajudando algumas amigas com os seus TCCs no segundo semestre, e também a uma cirurgia que fiz no olho, o ano acabou não sendo muito produtivo para leitura. Digo isso em quantidade de livros e um pouco de qualidade. Mas mesmo assim, vou fazer a lista para não perder o costume :p

JANEIRO
Despertada – P.C. Cast, Kristin Cast
Refúgio – Harlan Coben
Especiais – Scott Westerfeld
Minha vida daria um livro – Carlos Marcelo Levín
O Rosto que Precede o Sonho – Maurício Gomyde

MARÇO
Web Marketing e Comunicação Digital – Paulo Kendzerski
A Garota da Capa Vermelha – Sarah Blakley-Cartwright, David Leslie Johnson
Comprometida – Elizabeth Gilbert
Destinada – P. C. Cast, Kristin Cast
Extras – Scott Westerfeld

JUNHO
Roteiro Básico para Apresentação e Editoração de Teses, Dissertações e Monografias – Amélia Silveira, Evanilde Maria Moser, Nessis Davina Lenzi Cristelli, Alberto Cezar Rodrigos, Émerson Antônio Maccari
A Minha História com Bob – James Bowen
Tempos Felizes – Gilmar Marcílio

AGOSTO
Não Faz Sentindo – Felipe Neto

SETEMBRO
Diário de Um Banana: A Verdade Nua e Crua – Jeff Kinney

OUTUBRO
Não conta para os meus pais – Pilar Guembe

DEZEMBRO
Assassin’s Creed Renascença – Oliver Bowden
J.R.R. Tolkien – O Senhor da Fantasia – Michael White
Uma Questão de Segundos – Harlan Coben

7.556 páginas

Como sempre, gosto de fazer uma lista dos livros que li no ano… 2012 não foi um ano muito produtivo para leitura devido ao número de atividades da faculdade. Mas mesmo assim, vou fazer a lista para não perder o costume :p

JANEIRO
Caninos Brancos – Jack London

O último Yeti – Alberto Melis

O Segredo do Lago Ness – Alberto Melis

A pérola do dragão – Alberto Melis

A magia do unicórnio – Alberto Melis

Qual o seu número? – Karyn Bosnak

FEVEREIRO
A Revolução dos Caranguejos – Carlos Heitor Cony

mãe judia, 1964  – moacyr scliar

Um voluntário da pátria  – Zuenir Ventura

A mancha – Luis Fernando Verissimo

MAIO
Darmapada  – Fernando Cacciatore de Garcia

Cultura da convergência – Henry Jenkins

JUNHO
Marketing Empreendedor – Org: Sérgio Moretti, Fernando César Lenzi, Fabrícia Durieux Zucco

O Encontro – Richard Paul Evans

Vira-Latas – Ediouro (Ed.)

AGOSTO
O Homem de Beijing  – Henning Mankell

Quando Ela Se Foi – Harlan Coben

Marley & Eu – John Grogan

Quebra de Confiança  – Harlan Coben

SETEMBRO
Nos Bastidores da Pixar – Jackson, Lynn; Capodagli, Bill

Nietzsche Para Estressados – Allan Percy

Meu amigo Michael  – Frank Cascio

OUTUBRO
Desperte o Milionário que há em você – Carlos Wizard Martins

Empreendedorismo – As Regras do Jogo – Business Week

O que é Comunicação – Juan E. Díaz Bordenave

 

DEZEMBRO
Marketing Social – Philip Kotler, Eduardo L. Roberto

Marketing Social – Luiz Claudio Zenone

Liderança – Business Week

Jogada Mortal – Harlan Coben

Desaparecido Para Sempre – Harlan Coben

Confie em mim – Harlan Coben

Cilada – Harlan Coben

Sem Deixar Rastros – Harlan Coben

11.202 páginas

Como sempre, no final do ano gosto de fazer uma lista dos livros que li no semestre, como em julho eu não fiz, resolvi fazer do ano todo. Outubro e novembro foram meses complicados na faculdade e li pouquíssimo, mas todos os livros lidos estão divididos por meses.

JANEIRO
A cabeça de Steve Jobs – Leander Kahney
Nosso Lar – Francisco Cândido Xavier, espírito André Luiz
A Arte da Guerra – Sun Tzu
Faz parte do meu show – Robson Pinheiro, Ângelo Inácio
Estética da Fotografia – François Soulages

FEVEREIRO
A Última Música – Nicholas Sparks
Bilionários por acaso: A criação do Facebook – Ben Mezrich
O Segredo – Rhonda Byrne
Podecrer! – Marcelo O. Dantas
A Arte de virar a página – Adriana Falcão

MARÇO
Lendas e Segredos do Rock – Sérgio Pereira Couto
Illustration Now! Vol. 3 – Julius Wiedemann
Illustration Now! Vol. 2 – Julius Wiedemann
Os Sertões – Euclides da Cunha
O burro e a pele de leão – Roberto Belli
A galinha dos ovos de ouro – Roberto Belli
Cinderela – Cristina Marques
Branca de Neve –
A raposa e o galo – Roberto Belli

ABRIL
A Moreninha – Joaquim Manoel de Macedo
Questões de Arte e Comunicação – Cilene Maria Potrich, Hercílio Fraga de Quevedo (org)
As Belas Coisas, Que é do Céu Contê-las – Dinaw Mengestu
Senhora – José de Alencar
Soul Love Á noite o céu é perfeito! – Lynda Waterhouse
A vida na porta da geladeira – Alice Kuipers
Iracema – José de Alencar
O Ateneu – Raul Pompéia
Na Margem do Rio Piedra eu sentei e chorei – Paulo Coelho
Tentada – PC Cast, Kristin Cast

MAIO
Queimada – P.C Cast, Kristin Cast
Desejo de Pânico – Laura Reese
Propaganda no rádio – Clóvis Reis

JUNHO
Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis
Pra Ser Sincero – Humberto Gessinger

JULHO
Inimigo Brutal – Jack Higgins
Não conte a ninguém – Halan Coben
Sandman: Despertar – Neil Gaiman

AGOSTO
Perfeitos – Scott Westerfeld
Gen: Pés descalços – Keiji Nakazawa
Gen Pés descalços: o dia seguinte – Keiji Nakazawa

SETEMBRO
Gen Pés descalços: O Recomeço – Keiji Nakazawa
Gen Pés descalços: A vida após a bomba Keiji Nakazawa

OUTUBRO
:~

NOVEMBRO
O Mundo de Vidro – Maurício Gomyde

DEZEMBRO
O menino do Pijama listrado – John Boyne
Faça como Steve Jobs – Carmine Gallo
1ª mostra talentos da comunicação – Bienal de São Paulo
Amor fora de hora – Katarina Mazetti
Alta Tensão – Harlan Coben
Talento Ilustração

Resenha: Feios

Scott quis descrever a ideia de beleza que a sociedade tem hoje e a forma que as pessoas veem ela, em uma história com lugares surreais.

É um livro que nos faz pensar no padrão de beleza que a mídia impõe. Mesmo não sendo uma história real, não é preciso muito para perceber que tem muito haver, não só com o nosso “mundo”, mas também com o comportamento.

Acho que o autor conseguiu passar uma critica de forma divertida e camuflada.

Duas frases do livro:

“Não temos de nos parecer com todo mundo e agir como todo mundo. Temos uma escolha.”

“Era quase impossível acreditar que as pessoas vivessem daquele jeito, queimando árvores para desocupar a terra, consumindo petróleo para gerar calor e energia, rasgando a atmosfera com suas armas”

Já comprei “Perfeitos”.